S. H. Comunicação – Seu evento científico está aqui

Vista da Beira Mar de São Luís-MA
Foto: Elizabeth Menezes

Professor Ramon Bezerra, do curso de Comunicação Social da UFMA, fala sobre aspectos do livro de sua autoria “Economia da Confiança”

Em tempos de pandemia, a economia da confiança se tornou ainda mais necessária, auxiliando diversas famílias a se manterem no contexto atual. Mas o que é essa prática? Para abordar o assunto, o professor do Departamento de Comunicação Social e líder do Grupo de Pesquisa Comunicação, Tecnologia e Economia (ETC) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Ramon Bezerra Costa, lançou, em 2018, o livro “Economia da Confiança: comunicação, tecnologia e vinculação social”. A obra é

SEU EVENTO ESTÁ AQUI

Divulgue aqui
Entre em contato pelo telefone (98) 99210-0405 ou envie um e-mail para eventos@shcomunicacao.com.br
Divulgue aqui
Entre em contato pelo telefone (98) 99210-0405 ou envie um e-mail para eventos@shcomunicacao.com.br
Divulgue aqui
Entre em contato pelo telefone (98) 99210-0405 ou envie um e-mail para eventos@shcomunicacao.com.br
Previous
Next

Quem SomoS

A S. H. Comunicação surgiu da necessidade de auxiliar docentes e discentes que realizam eventos acadêmico-científicos voltados para Universidades ou Faculdades. A empresa nasceu em 2017, com o objetivo de contribuir significativamente para o crescimento da ciência no País.

A equipe é composta por profissionais da área de comunicação, em sua maioria formados pela Universidade Federal do Maranhão. Estamos sempre dispostos a atender e ajudar você a realizar um evento científico de qualidade, com baixo custo e que seja o sucesso.

Para entrar em contato com a nossa turma, ligue para (98) 99210-0405.

“É realmente verdade que gratidão gera gratidão e lamúria atrai lamúria. Isto ocorre porque o coração agradecido comunica-se com as forças divinas, e o queixoso, com as forças malignas. Assim, quem vive agradecendo, torna-se naturalmente feliz e quem vive lamuriando, torna-se infeliz. O ensinamento da religião Oomoto: ‘Alegrem-se que virão coisas alegres’ é, realmente, uma sábia afirmação.”

(Meishu-Sama)