S. H. Comunicação – Seu evento científico está aqui

Você está aqui:

Jornada intercampi do IFMA promove reflexões sobre a pauta feminina

O evento online está com inscrições abertas até o dia 7 de março

Por: Cláudio Moraes - IFMA

Estão abertas as inscrições para a Jornada “08 M Dia Internacional da Mulher IFMA Intercampi 2021”. O evento online, promovido pelo Instituto Federal do Maranhão (IFMA), de forma conjunta pelos campi Buriticupu, São Luís Centro Histórico, Itapecuru, Maracanã, Pinheiro e Santa Inês, acontece por todo o dia 8 de março, das 8:30 h às 22 horas.

Também integra a organização o movimento “Empodera IFMA”, projeto que tem o objetivo de fortalecer o protagonismo feminino na defesa de seus direitos e no enfrentamento à violência, ao assédio e preconceito, existentes na sociedade e instituições.

As inscrições para participar do evento podem ser realizadas até o dia 7 de março. Para conferir a programação completa e realizar a inscrição, clique no link https://www.even3.com.br/8mintercampiifma/

O evento tem como público-alvo mulheres e meninas do Instituto, de instituições externas e da sociedade em geral. Organizado por mulheres e meninas do IFMA, a Jornada, de acordo com a comissão organizadora, faz referência ao tema adotado, neste ano, pela ONU Mulheres: “Mulheres na liderança: Alcançando um futuro igual em um mundo de COVID-19”.

Debate de abertura

A abertura do evento acontece a partir das 8:30 h, com a mesa redonda “COVID-19 e os impactos sobre mulheres e meninas: ciência, liderança, cuidado e juventude”.

A mesa-redonda será transmitida pela TV IFMA no canal do YouTube e contará com a participação de Ângela Rego, Constância Lopes e Luiza Costa.

As demais atividades serão realizadas pela plataforma google meet. Com carga-horária total de 10h e certificação aos participantes, a programação conta, ainda, com palestras, debates, reflexões e avaliações, voltadas a pautas e ações que promovam visibilidade às lutas históricas e atuais. Além de momentos culturais, as atividades irão abordar saúde menstrual, desigualdades de gênero na ciência, cinema, iniciação científica, política, carreira científicamaternidade e docênciapandemia e aumento de casos de feminicidiossaúde mental, e possibilidades de ensino, pesquisa e extensão no IFMA.

Mesa-redonda: confira quem vai debater na abertura

Angela Bárbara Lima Saldanha Rego 

Angela Rego é graduada em Direito pela Universidade Ceuma (2003) e especialização em Direito Civil e Processual Civil pela Uniasselvi (2017). É procuradora federal da Procuradoria Geral Federal, órgão da Advocacia-Geral da União, desde 2006. Ocupa, desde 2014, o cargo de subprocuradora-geral do IFMA. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Civil e Processual Civil, Direito Indígena e da Educação. Mestranda do programa de pós graduação em Cultura e Sociedade (PGCULT – UFMA).

Constância Flávia Junqueira Ayres Lopes 

Constância Lopes possui bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Pernambuco/UFPE (1994), mestrado em Genética pela UFPE (1997), doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (2001) e dois pós-doutorados, um pela Liverpool School of Tropical Medicine (2009 e outro pelo Instituto de Higiene e Medicina Tropical (2019)). Atualmente é pesquisadora titular em Saúde Pública do Instituto Aggeu Magalhães/FIOCRUZ (PE), onde atua como orientadora no programa de pós-graduação de Biociências e Biotecnologia em Saúde em nível de mestrado e doutorado, do qual foi a primeira coordenadora. Durante o período de 2013 a 2018 ocupou o cargo de vice-diretora de Ensino e Informação na FIOCRUZ (PE) e, atualmente, é vice-diretora de Pesquisa na instituição. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Genética de Populações de Insetos, atuando principalmente nos seguintes organismos: Aedes aegypti, Culex quinquefasciatus e Anopheles spp. É líder do grupo de pesquisa do CNPq de Genética de Culicídeos.

Luiza Cristina Coelho Lago da Costa

Luiza Coelho tem 18 anos e é vice-presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) no Maranhão. Estudante do 3º ano do curso técnico em Eventos do IFMA São Luís Centro Histórico, trabalha com Produção Cultural. É menina líder pela ONG PLAN Internacional e integra o Coletivo ELAS. É militante dos direitos da criança e do adolescente e ativista da educação.

%d bloggers like this: