S. H. Comunicação – Seu evento científico está aqui

Outros Idiomas

Você está aqui:

Japão financia projetos de saúde, educação e meio ambiente no Brasil

O programa é de fluxo contínuo e atende governos, ONGS e entidades de saúde e educação

O consultório móvel de prevenção do câncer do Hospital Aldenora Bello contou com recursos do programa em 2018

A Diretoria de Relações Internacionais do IFMA informa que estão abertas as inscrições para chamadas da Embaixada do Japão para apoio econômico a projetos no Brasil.

O programa de fluxo contínuo, desenvolvido em países em desenvolvimento desde 1989, foi introduzido no Brasil em 1999 e atente, atualmente, 185 países.

O objetivo do Programa APC é proporcionar assistência financeira não-reembolsável a projetos de pequeno porte encaminhados por governos locais, entidades educacionais e de saúde e ONGs (organizações não governamentais e sem fins lucrativos), a fim de auxiliar na implementação de seus projetos de desenvolvimento.

O auxílio financeiro tem como teto 10 milhões de ienes por projeto (aproximadamente US$ 90.000, no caso de US$1,00 = ¥110).

A coordenação do processo de cooperação econômica, no Maranhão, está a cargo do Consulado do Japão em Belém (PA).

Áreas beneficiadas

O cônsul do Japão, Keiji Hamada, em visita ao governador do estado, Flávio Dino, manifestou interesse em parcerias com o poder público maranhense. Foto: Karlos Geromy/Secap

Qualquer projeto que promova o desenvolvimento socioeconômico de uma comunidade, beneficiando-a diretamente, pode ser financiado, como construção ou reforma de imóvel próprio, aquisição de equipamentos ou bens permanentes e trabalho educativo.

Projetos ligados às áreas de atendimento às necessidades humanas básicas (Basic Human Needs) mais aprovados até o momento foram no âmbito da saúde, educação básica, bem-estar público e meio ambiente, além de atenuação da pobreza e assistência social.

Alguns exemplos são construção da ala de internação de hospital, aquisição de equipamento médico-hospitalar, construção de sala de aula para ensino fundamental, aquisição de carteiras escolares, escavação de poço, construção de reservatório de água e capacitação profissional para mulheres e deficientes.

Todas as informações estão disponíveis no site.

%d bloggers like this: